Polícia Militar faz campanha de combate e prevenção à violência contra a mulher

A Polícia Militar de Flórida Paulista está desenvolvendo uma campanha de prevenção e combate à violência contra a mulher.
A atividade que também é desenvolvida simultaneamente em todo o Estado de São Paulo é alusiva ao mês de agosto, em que é dado o maior enfoque ao tema, porém, de permanência no cotidiano policial com a realização de diálogos com a comunidade, abordagens e orientações durante o patrulhamento.

Segundo informou o Sargento PM D’Aquino, o 4º Grupamento Policial de Flórida Paulista foi escolhida a Soldado PM Elizângela para muito bem representar mais esta importante ação.
“Claro que todos os policiais estão prontos para atuar dando todo o apoio e suporte necessário para as mulheres que se sintam ameaçadas ou vítima de agressões, porém, a presença de uma policial faz a diferença e nós contamos com a Soldado Elizângela que além de símbolo do empoderamento feminino, uma parceira para que as mulheres possam efetuar suas denúncias e solicitar o respaldo necessário”, destacou o Sargento PM D’Aquino.
Um vídeo produzido pela TV Folha Regional será veiculado nos próximos dias com o tema em foco.

DISK-DENÚNCIA
Vale destacar as ferramentas disponíveis para a denúncia de violência doméstica que são o telefone 180 e também o 190 da Polícia Militar.

SOS MULHER
O dispositivo permite que as vítimas de violência doméstica peçam ajuda apertando apenas um botão no celular. Ao acionar a ajuda, o aplicativo localiza a viatura policial mais próxima até o local da ocorrência. A ferramenta é gratuita e funciona em sistemas Android e iOS. Podem se cadastrar na ferramenta somente pessoas com medidas protetivas (como ordens para o agressor ficar a uma determinada distância da vítima) expedidas pelo Tribunal de Justiça de São Paulo.

O “X” NA MÃO
O ato de pintar um X em uma das mãos e apresenta-lo em locais como farmácias, supermercados e outros estabelecimentos, também quer dizer que a mulher precisa de ajuda.
Uma ampla campanha do Judiciário tem disseminado este símbolo e vem ganhando cada vez mais força e adesão.

FOTO: Diego Fernandes / Folha Regional

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.