Envolvidos com helicóptero abandonado com drogas em Paraguaçu Paulista

Após o pelotão de Força Tática após receber de denúncia de que um helicóptero havia pousado na área rural entre os municípios de Paraguaçu Paulista e Lutécia e que em seu interior havia grande quantidade de drogas, iniciou operação conjunta com viaturas do policiamento rodoviário, policiamento ambiental, viaturas da 2ª Cia do 32º BPM/I, equipes do 8º BAEP, Águia 13 e equipes da Polícia Federal na tentativa de localizar a aeronave.

Após diligências em locais de difícil acesso e com sinal precário de comunicação, equipes de Força Tática, juntamente com uma equipe de TOR e equipes da Polícia Federal obtiveram êxito em localizar o helicóptero, com apoio do Águia 13. No interior da aeronave foi localizado grande quantidade de entorpecente, totalizando 86 tijolos de cocaína (93,677 kg) e 67 tijolos de pasta base (70,431 kg). Em face do exposto, a ocorrência foi conduzida até a base da polícia federal da cidade de Marília para providências cartorárias. Após as viaturas deixarem o local da ocorrência, uma equipe do policiamento rodoviário que havia permanecido com a incumbência de preservar o local de crime, visualizou uma camionete, S10 de cor branca, se aproximando do local.

O condutor da camionete ao perceber a presença policial efetuou manobra brusca para se evadir do local, iniciando então um acompanhamento que se estendeu até às proximidades do município de Assis, sendo que nesse primeiro momento não foi possível realizar a abordagem. Graças ao empenho de todas as viaturas empregadas na missão, foi possível novamente localizar o veículo e efetuar a abordagem pela rodovia que interliga Assis e Paraguaçu Paulista, onde o condutor Felipe Chadi Sanches confessou o envolvimento na ocorrência de tráfico de drogas e informou que sua função seria conduzir o piloto do helicóptero até o local do aeronave, porém empreendeu fuga ao visualizar a viatura.

Informou ainda que deixou o piloto na rodoviária de Echaporã posteriormente. Com posse dessas informações, equipes do policiamento rodoviário se deslocaram para Echaporã e lograram êxito em localizar e abordar Fábio Rosa da Silva, o qual confessou que receberia a quantia de R$ 50.000,00 para trazer a aeronave até o município de Paraguaçu Paulista, porém devido a problemas mecânicos necessitou fazer a aterrissagem.
Indivíduos conduzidos para a polícia federal de Marília, onde assumiram suas respectivas funções no crime, permanecendo presos após a lavratura do boletim de ocorrência. O veículo e a aeronave permaneceram apreendidos pela base da Policial Federal.
Graças ao empenho, dedicação e comprometimento com a missão, foi possível retirar grande quantidade de drogas da sociedade e efetuar a prisão de indivíduos envolvidos com o tráfego de drogas, bem como de uma aeronave que outrora era empregada para o crime.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.